Se você vai para a Côte d’Azur e quer ficar num lugar « low profile », seu destino é o Saint-Jean du Cap Ferrat ! Entre Nice e Mônaco, passando pelo pitoresco centro de Villefranche, pela charmosa Èze Village e pelo agito porto de Beaulieu-sur-Mer, também não faltam opções para lugares animados ! St Jean tem três praias: a Paloma Plage, Les Fosses e sua mini Les Fossettes e do outro lado do Cap, a Passable.

 

 

Como nessa parte da Riviera não tem praias com areia (somente algumas pequenas “criques” com “galets”), nem restaurantes baratos ou acesso fácil, não atrai multidões… A discrição é o ponto forte de St. Jean, que nem tem muitas lojas (e nenhuma de marcas de luxo).

 

Hotéis

 

Grand Hôtel Cap Ferrat*****, hotel luxuoso com vista linda, num enorme parque. Um clássico. Recentemente abriram uma bar e lounge “Le Dauphin”. (www.fourseasons.com/capferrat)

 

 

La Réserve Beaulieu*****,  fica do lado de St Jean em Beaulieu-sur-Mer, maravilhoso hotel, tudo impecável com um ótimo Spa.

 

Hôtel La Voile d’Or**** se situa na beira do porto, com bonita vista da marina e do vilarejo, conhecido por seu restaurante.

 

 

Hôtel Belle Aurore*** – Um hotel com preços mais acessíveis, merece uma reforma, mas tem uma piscina com vista.

 

Restaurantes

Em St Jean, aproveitar para tomar o café da manhã no descontraído Café Civette, do lado da banca de jornais, onde todos os habitués vêm comprar sua leitura matinal (e tem um enorme vai-vem durante o dia e à noite). Para os que preferem a marina, o buffet do Voilier du Cap é uma ótima opção.

Alugar uma lancha ou veleiro é o melhor programa, indo almoçar no Paloma Beach, mas reserve com antecedência para não esperar muito.

Tente, também,  o restaurante da Plage de Passable, que é bacana mas um pouco caro para o que oferece.

Nas opções de restaurantes da marina, o Voilier do Cap é o melhor em St Jean, mas tem também os aficionados do Le Sloop.

Já na marina de  Beaulieu não deixar de ir ao African Queen e, para uma boa carne experimentar o Fabuleux Destin.

Indo a Villefranche, além de visitar a Citadelle e a Chapelle St Pierre decorada por Cocteau, aproveite para ir no Carpaccio na frente do porto, ou no Restaurante La Mère Germaine e sua conhecida Bouillabaisse.

 

 

Passeios imperdíveis

 

Dois lugares imprescindíveis a serem visitados, que são monumentos históricos e pertencem ao Institut de France, a magnífica Villa et Jardins Ephrussi de Rothschild:

E a surpreendente Villa Grecque Kerylos, contruida no início do séc. XX, em plena Belle Époque, mas totalmente inspirada pela Grécia antiga.

E, sem dúvida, não deixar de visitar a célebre “Villa Tatouée”, a Villa Santo Sospir, que pertenceu à grande amiga do poeta e artista Jean Cocteau, Francine Weisweiller e foi aberta à visitas há dois anos. Durante o verão de 1950, Cocteau decorou todas as paredes com frescos à tempera com inspiração da mitologia grega ou da região da Côte d’Azur. Além disso, posteriormente decorou a casa com mosaicos.

A visita deve ser reservada com hora marcada no telefone +33 (0)4 93 76 00 16 ou confira o site da Villa : http://villasantosospir.fr ou o dos passos de Cocteau na Côte d’Azur: www.le-sud-jean-cocteau.org

 

<